Nossa história...

Início

 

Tudo começou no dia de 14 de março de 2001, quando algumas pessoas se reuniram na residência do casal Élio e Sônia Lopes, na SHIN QL 8 do Lago Norte, sob a liderança do Pr. Carlinhos Veiga, para o início de um Grupo Familiar: comunhão, estudo da Palavra e oração. Vinha como uma resposta às inquietações do Conselho da Igreja Presbiteriana de Brasília, que buscava formas de continuar se expandindo, apesar do templo superlotado. Era a descentralizando sua ação do Plano Piloto, da EQS 313/314.

A primeira reunião contou com uma excelente participação de 30 pessoas. Mas o grupo que permaneceu era bem menor. Aos poucos o Senhor foi enviando irmãos que se agregaram ao trabalho.

Escola Dominical

Sob a liderança do Conselho da Igreja Presbiteriana de Brasília, mais um passo foi dado: a organização de uma escola dominical. O Senhor abriu as portas e foi feito um acordo com a AMIDE – Associação Missionária para a Difusão do Evangelho, para a utilização de suas instalações na SHIN CA11, no Lago Norte. Na manhã do dia 7 de setembro de 2003, 84 pessoas se reuniram na primeira escola dominical desse novo ponto de pregação da Igreja Presbiteriana de Brasília. Paralelamente as reuniões de quarta-feira continuavam sendo realizadas nas casas que abriam suas portas.

Nesse mesmo período foi iniciado um trabalho evangelístico e social no Varjão, bairro nas proximidades do Lago Norte, através do Projeto Saúde Integral, numa parceria entre a Igreja Presbiteriana de Brasília e a Universidade de Brasília, coordenado pela Dra. Lenora Gandolfi.

Surge a Congregação

O trabalho avançou um pouco mais e no dia 4 de abril de 2004 o Conselho da Igreja Presbiteriana de Brasília decidiu pela organização da Congregação Presbiteriana do Lago Norte, num culto especial cujo pregador foi o Pr. Adail Carvalho Sandoval, pastor titular da igreja-mãe. Na ocasião foi celebrada a Santa Ceia aos presentes, ministrada pelos pastores Carlinhos Veiga e Carlos Antônio Cruz.

A comissão do Conselho se fez representar neste culto, designando uma Mesa Administrativa para colaborar no gerenciamento das demandas do novo trabalho. A Mesa foi formada pelos irmãos: Hossein Benedito Abou Karnib, Maria Aparecida Bitencourt Prado, Sílvio César Alves Bizzo, Osvaldo Ribeiro de Morais, Valcirema Santos Correa da Silva e Pr. Carlinhos Veiga.

Primeiros Frutos

Em 26 de setembro de 2004, mais uma vitória. Foram recebidos por batismo e profissão de fé os primeiros frutos desse novo trabalho. Foram eles Nadja Josenyr Arêas Barbosa, Pedro Moraes Nicola e Telma Maria Bessa Monteiro. Juntamente com esses irmãos foram recebidos por transferência 7 novos membros: 5 comungantes e 2 não comungantes.

Ainda em 2004, as mulheres da congregação, sob a liderança das irmãs Joiri Teixeira e Janete Morais, organizaram o primeiro Bazar Beneficente, no dia 20 de novembro. Foi realizado na casa dos irmãos Osvaldo e Janete Morais.

No dia 4 de abril de 2005, a Congregação Presbiteriana do Lago Norte realizou seu primeiro culto evangelístico com a participação musical do Coro da Igreja Batista de Hickory Grove, de Charlotte, EUA, e a pregação do Pr. Airton Pupo, pastor desta mesma igreja. A programação foi realizada nas dependências da Igreja Presbiteriana Unida de Brasília, no Lago Norte, e contou com a presença de aproximadamente 100 pessoas.

Parceria com a IPU

Com a chegada de novos participantes e a necessidade de adaptações estruturais no prédio da AMIDE para o funcionamento de seu Seminário Teológico, a Congregação precisou arrumar um novo local que pudesse oferecer um espaço mais amplo para o trabalho que gradativamente crescia. Assim, foi feito um acordo com a Igreja Presbiteriana Unida de Brasília e no dia 17 de abril de 2005 foi realizada a primeira reunião no templo da referida igreja, à SHIN EQL 7/9, lote A, Lago Norte. Em virtude da IPU se reunir dominicalmente pelas manhãs, a Congregação estabeleceu os horários de 17h30 para escola dominical e 19h para o culto público.

 

A IPLN é organizada

Em Reunião Extraordinária do Presbitério de Brasília, realizada no dia 22 de outubro de 2005, ficou decidida a organização da Igreja Presbiteriana do Lago Norte. E assim, nos dias 5 e 6 de novembro de 2005, esta igreja foi organizada com um total de 33 membros comungantes e 12 não comungantes. A Assembléia foi presidida pelo Rev. Adail Sandoval, contando com a presença de membros do Presbitério de Brasília.

Ainda em novembro de 2005, o Pr. Carlinhos Veiga, fundador desta comunidade, foi eleito pastor efetivo pelo período de cinco anos.

Ao final desse mesmo ano, os sínodos da região foram reconfigurados e as igrejas foram relocadas em Presbitérios segundo sua localização geográfica. A recém organizada Igreja Presbiteriana do Lago Norte deixou o Presbitério de Brasília e passou a compor o Presbitério de Brasília Norte. Contudo, continuou recebendo apoio, inclusive financeiro, da igreja-mãe, Igreja Presbiteriana de Brasília.

Mudança para a CECAP

Em agosto de 2006, o Conselho da Igreja Presbiteriana Unida de Brasília comunicou que precisaria de suas instalações nos domingos à noite para a realização de outras atividades da comunidade. Assim, mais uma vez a IPLN mudou o local da realização de seus cultos, indo para desta vez para o CECAP, uma escola particular muito bem estruturada, situada na EQL 9/11 do Lago Norte.

Nessa altura, Sílvio Bizzo, que servia a Igreja como diácono, concluiu seu curso de teologia pelo Seminário Presbiteriano de Brasília e foi ordenado pastor auxiliar da IPLN pelo Presbitério de Brasília Norte, somando-se ao quadro de pastores dessa comunidade.

Como o CECAP era muito requisitado pelo Governo Federal e Autarquias para a realização de concursos públicos, a IPLN começou a enfrentar.

Aluguel de uma sede própria

Assim, o Conselho decidiu dar um passo de fé: alugou um prédio para o funcionamento da igreja. Nos dias 4 e 5 de novembro de 2007 foram inauguradas as instalações da Igreja Presbiteriana do Lago Norte, data em que comemorava o segundo ano de sua organização. O pregador convidado foi o Rev. Valter Moura, então pastor-auxiliar, hoje pastor efetivo da Igreja Presbiteriana de Brasília. Foram cultos tomados de emoção, pelo milagre que todos assistiam. Os aluguéis nessa região da cidade de Brasília, são bastante caros e os gastos com as reformas do prédios seriam também bastante onerosos. No entanto, Deus havia suprido tudo e estava sendo inaugurado um prédio esteticamente bonito e muito bem localizado, para a glória de Deus.

Desde então a IPLN experimentou um crescimento considerável. Vários outros membros chegaram: novos convertidos e famílias inteiras.

Hoje a IPLN possui aproximadamente 140 membros e uma frequência nos cultos de 130 pessoas em média. A nossa escola dominical acontece às 1oh e os cultos às 19h.

O trabalho social no Varjão, iniciado em 2003, tornou-se uma congregação, pastoreada pelo Pr. Osvaldo Reis. Várias famílias têm servido ao Senhor ali e revelado marcas do poder do Evangelho, por meio de um testemunho vibrante.