• Pr. André Pereira

Trindade: recebendo aquilo que é de Cristo

“Mas quando o Espírito da verdade vier, ele os guiará a toda a verdade. (...) Ele me glorificará, porque receberá do que é meu e o tornará conhecido a vocês." João 16:13-14.


Em seu discurso em despedida aos discípulos (João caps. 13 a 17), Jesus anuncia que eles não ficarão sós. Jesus pedirá ao Pai que envie um “outro Conselheiro” para estar com vocês para sempre, o Espírito da verdade” (Jo. 14:15-18). Quando o Espírito vier, os discípulos serão capazes de compreender muito melhor a vida divina, trinitária. O Espírito “os guiará a toda a verdade” (16:13), e mais do que isso, não apenas entenderam, mas serão incluídos na vida trinitária: “compreenderão que estou em meu Pai, vocês em mim, e eu em vocês”(Jo. 14:20). O Espírito receberá o que é de Jesus: “o tornará conhecido a vocês” (Jo. 16:14). Mas o que significa isso?


Significa que o Espírito nos conecta a quem Jesus é, gerando um vínculo de pertencimento, acolhimento e habitação mútua: “estou em meu Pai, vocês em mim, e eu em vocês”. Na linguagem do apóstolo João, estamos em Deus e Ele em nós. E o Espírito transfere o que é de Cristo e torna nosso. O Espírito recebe a filiação de Jesus e torna nossa: “aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus, os quais não nasceram por descendência natural, nem pela vontade da carne, nem pela vontade de algum homem, mas nasceram de Deus” (Jo. 1:12-13).


Jesus não nasceu de descendência natural, vontade da carne ou de homem, mas sim de Deus. Mas o Espírito recebe o que é de Cristo e torna meu e seu, nos fazendo filhas e filhos de Deus, nascidos do Espírito (Jo. 3:2-8). O Espírito recebe o amor de Deus Pai por Jesus e torna nosso: “os amaste como igualmente me amaste (...) antes da criação do mundo” (Jo. 17:23-24). O mesmo amor com que Cristo é amado desde a eternidade, antes que o mundo ou o pecado existissem, derramado sobre nós, pelo Espírito.


O Espírito recebe as Palavras que Jesus ouviu do Pai e as torna nossas: “ele os guiará a toda a verdade. Não falará de si mesmo; falará apenas o que ouvir” (Jo. 16:13). Posteriormente, explorando este mistério, o apóstolo Paulo afirmará que é pelo Espírito que recebemos e participamos da morte e da ressurreição de Cristo (Gl. 2; Rm. 8; Ef. 2; Cl. 3). Sem o Espírito, estamos desconectados e separados de Jesus. Sem o Espírito, o que Jesus fez e faz não é aplicado a nós. Mas Jesus revela a Trindade. Jesus pede ao Pai que envie o Espírito. E o Espírito recebe o que é de Cristo e torna nosso.


Você já agradeceu a Deus-Pai pelo ministério do Espírito por você, em você? Ore. Você admira algo na vida de Jesus? O amor contagiante, a santidade, a amizade envolvente, a sabedoria para lidar com oposição, a capacidade de perdoar? Ore. Peça ao Deus Trino que te dê esta vida, por meio do Espírito. Ele “porque receberá do que é meu e o tornará conhecido a vocês”. Ele já recebeu a vida de Cristo, e tem derramado sobre nós. Busque permanecer em Cristo. Receba e viva aquilo que Cristo conquistou para você.

3 visualizações